O II ENGRUPEdança – Diálogos e Dinâmicas, realizado nos dias 29, 30 e 31 de outubro de 2009, na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, deu prosseguimento ao I Engrupedança ocorrido em São Paulo, na UNESP, em 2007, numa iniciativa do Grupo de Pesquisa Dança: Estética e Educação. Seu objetivo inicial foi o de reunir pesquisadores em Dança, a fim de promover discussão referente à produção de conhecimento multidisciplinar, de modo a fomentar o diálogo e o intercâmbio entre os Grupos de Pesquisas em Dança certificados pelo CNPq.

A realização desta segunda edição do Engrupedança, organizada pelo Grupo de Pesquisa Artes do Movimento1, do PPGAC – UNIRIO, com o apoio da PROExC-UNIRIO, CAPES, FAPERJ e SESC foi respaldada na necessidade, entre outras, de fortalecer o diálogo já estabelecido, ampliando-o para pesquisadores acadêmicos independentes e ainda artistas com perfil investigativo, selando o caráter de cooperação interinstitucional deste evento.

A programação do I IENGRUPEdança – Diálogos e Dinâmicas contemplou três dias de atividades ininterruptas na Escola de Teatro da UNIRIO, com a seguinte programação: homenagem à coreógrafa Angel Vianna e ao Grupo Teatro do Movimento (1975-1980); conferência sobre a técnica de Viewpoints, com o convidado estrangeiro Donnie Mather2 e o diretor teatral Enrique Diaz, 4 Workshops de Viewpoints e Suzuki, com Donnie Mather; 11 Oficinas com professores de diferentes instituições e propostas de trabalho diversas; 10 Mesas de Debates com diferentes temáticas que têm a Dança como eixo focal; 9 Demonstrações de Processos de Trabalho e ainda 24 Performances, apresentadas no Espaço SESC.

Este conjunto de DVD/CD-ROM apresenta o registro do evento, com imagens selecionadas de toda a programação, contendo, na íntegra, a totalidade das Performances apresentadas, no DVD-1; o CD-2 contém as 51 comunicações, cujos textos completos, de inteira responsabilidade dos autores, foram organizados ao redor das seguintes temáticas: Dança – Novas Tecnologias e Imagem do Corpo; Dança e Coreografia – processos e métodos de criação; Dança e Educação; Dança e Educação Somática; Dança e Estética; Dança/Teatro/Performance; Danças e Folguedos Populares; Dramaturgia da Dança; Historiografia da Dança; Pedagogia da Dança (ver com detalhes em Programação Completa).

Tal variedade temática abordada pelos pesquisadores possibilitou aprofundamento e ampliação dos saberes artístico-pedagógicos, intrinsecamente articulados à atuação cênica do bailarino/ator/coreógrafo, refletindo o estado da arte que a pesquisa em dança e movimento corporal vem alcançando nos últimos anos no Brasil. Trata-se de uma área de pesquisa em franca expansão, que se articula com diversas áreas do saber, produzindo uma reflexão crítica sobre a dança e suas diversas conexões, que se estende para campos além da academia.

O alcance que o Evento atingiu pode ser também numericamente mensurado, conforme o que segue:

Inscreveram-se 110 artistas e pesquisadores de instituições como o Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, Faculdade Angel Vianna, Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Universidade Estadual Paulista, Universidade Federal da Bahia, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal de Alagoas, Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Viçosa, Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade Federal Fluminense.

A solenidade de Abertura foi assistida por uma platéia de cerca de 200 pessoas.

10 grupos se inscreveram para a realização de Demonstração de Processos de Trabalho, envolvendo 19 artistas pesquisadores, para uma platéia debatedora de cerca de 50 pessoas em cada uma delas.

3 Performances, com 15 artistas ocorreram nos jardins da Escola de Teatro da UNIRIO com público flutuante de cerca de 80 pessoas.

18 Performances foram apresentadas no Espaço SESC – Copacabana, envolvendo 82 artistas pesquisadores, entre bailarinos, diretores, roteiristas, sonoplastas, iluminadores, etc, para um público estimado em 200 pessoas.

Estiveram representados:

  • 20 Grupos de Pesquisa certificados pelo CNPq.
  • 24 alunos do Curso de Bacharelado de Artes Cênicas participaram da organização do Evento.
  • 8 profissionais de diferentes áreas prestaram serviços fundamentais ao Evento.

Durante os três dias de realização do II ENGRUPEdança, estiveram envolvidos no pensamento-atuação da Dança, cerca de 500 pessoas.

Grupo Artes do Movimento
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO/
Rio de Janeiro, 2010
.